CGI Club Golf Ibérico
Avª Engº Duarte Pacheco, 19, 6º Dto, 1070-100 Lisboa

tel: +351 916 152 439
fax: +351 210 493 181

socios@clubgolfiberico.com
Club Golf Ibérico
EN
PT
TROFÉU AÇORES by SATA | Media Room

MEDIA ROOM | 2º TROFÉU AÇORES BY SATA 2015

PRESS RELEASES OFICIAIS

15 Outubro 2015_12º Comunicado de Imprensa

FINAL DE 2015 DOBROU NÚMERO DE PARTICIPANTES

 

O BATALHA GOLF COURSE, NOS AÇORES, RECEBEU 40 JOGADORES E 20 EQUIPAS. GANHARAM FRANCISCO MARTINS DA SILVA E A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE SENIORES DE GOLFE. PELA PRIMEIRA VEZ, UM CLUBE ESPANHOL JOGOU A FINAL 

 

Francisco Martins da Silva, do Clube de Golfe Médico, e a Delegação Norte da Associação Nacional de Seniores de Golfe venceram, respetivamente, o 2º Troféu Açores by SATA e o 4º Troféu Ibérico de Clubes/Taça André Jordan, um evento em grande fase de crescimento que a Stream Plan e o Club de Golf Ibérico organizaram na ilha de São Miguel.

 O palco foi o Batalha Golf Course, tendo sido usados 18 dos 27 buracos, referentes aos percursos A e B, os mesmos que em três semanas irão acolher o Açores PGA Open. O campo que irá receber os melhores profissionais portugueses foi um grande desafio para os 40 finalistas de 20 clubes do Troféu Açores by SATA, a elite de um circuito que em 2015 se estendeu a todo o país e a um clube espanhol, atraindo quase 1.400 jogadores.

 Em 2015 a competição superou todas as expectativas de crescimento, não só nos torneios de qualificação mas também na Final, ao duplicar o número de participantes e de clubes envolvidos, para além de, pela primeira vez, haver um clube espanhol na Final.

 É neste contexto que o triunfo de Francisco Martins da Silva merece ser valorizado, numa competição que, como salientou o promotor José Carmona Santos, «é disputada em stroke play, com as bandeiras a serem colocadas em locais mais difíceis no segundo dia».

 O jogador do Clube de Golfe Médico (que também é sócio do Paço do Lumiar), de handicap 19,7 EGA, assumiu logo o comando da prova aos 18 buracos, com uma volta de 61 pancadas (o torneio foi disputado em medal net), dispondo de uma vantagem de 9 sobre o 2º classificado, António Mendes, do Montado.

 «No primeiro dia receava que houvesse muito equilíbrio, mas quando vi que ia para a segunda volta com uma boa vantagem, procurei fazer mais pares, não arriscar tanto e segurar o resultado», disse o jovem de 14 anos.

 Numa segunda volta «com colocação de bandeiras muito mais difíceis», ficou «bastante satisfeito» com o resultado de 71 que lhe deu um agregado de 132, superando António Mendes (70+76) por 14 ‘shots’!

 «Gostei muito do convívio com os outros golfistas, do campo que tem vistas muito bonitas e de visitar a ilha de São Miguel», declarou Francisco, obviamente «muito contente pelo segundo título». Os dois torneios que ganhou estão ligados ao Troféu Açores by SATA e não admira que assegure que para o ano quer «voltar a jogar as qualificações para estar de novo na Final».

 Francisco Martins da Silva é um jovem estudante do 9º ano de escolaridade que, «com dificuldade», consegue «conciliar os estudos com o treino de golfe, duas vezes por semana, no Paço do Lumiar, com os treinadores profissionais Vítor Silva e Emanuel Heitor». O pai, José Carlos, médico, viveu com orgulho a vitória do filho porque «ele treina muito e foi uma compensação, uma motivação».

 Quando Francisco participou no torneio de Praia d’El Rey da Ordem de Mérito do Clube de Golfe Médico «não esperava o prémio de apuramento para os Açores». «Jogo golfe desde os 8 ou 9 anos e foi a minha primeira vitória em torneios – disse –, somei 41 pontos stableford net e não estava nada à espera».

 Em casa, não foi difícil decidir se iria ou não aproveitar o aliciante prémio de jogar o 2º Troféu Açores by SATA: «Conversei com a família e já que estava apurado, não queríamos deixar de ir».

 O regulamento prevê que o campeão da fase de qualificação possa convidar o segundo jogador com o qual deseja jogar o Troféu Ibérico de Clubes, uma referência ao antigo regulamento da Taça do Mundo de profissionais, tão do agrado de António Carmona Santos, o fundador deste torneio.

 Uma vez mais, a decisão de eleger um segundo jogador foi fácil: «O meu pai, porque é o sócio do Clube de Golfe Médico mais próximo de mim, porque foi ele quem me introduziu no golfe, porque é ele quem perde tanto tempo a levar-me aos treinos e aos torneios».

 A Final do Troféu Açores só pode ser jogada pelos vencedores das fases de qualificação disputadas ao longo do ano, pelo que Francisco Martins da Silva foi o melhor entre os 20 finalistas, mas, na realidade, estiveram 40 jogadores em campo, uma vez que o Troféu Ibérico de Clubes – a prova paralela que atribui a Taça André Jordan – é jogado por equipas de dois jogadores por clube.

 Depois de dois anos seguidos de domínio do Clube de Golfe de Viseu, foi a vez de sagrar-se campeão ibérico de clubes a Delegação Norte da Associação Nacional de Seniores de Golfe (ANSG), representada por Alfeu Casimiro Rodrigues e António Marques Pires.

 

 Esta dupla somou 310 pancadas (medal net), com voltas de 143 e 167, levando a melhor sobre o Clube de Golfe de Belas, que agregou 317 (150+167). 

 Foi uma grande recuperação de David Gaspar e José Leandro, que aos 18 buracos estavam apenas no 4º lugar, mas que na segunda ronda ultrapassaram o CampoReal e o Lisbon Sports Club, respetivamente 2º e 3º no final do dia inaugural.

 Na classificação final, o 3º posto foi ocupado pela Delegação do Centro da ANSG, de Aníbal Graça e José Joaquim Santos, com 318 (163+155).

 A ANSG colocou, deste modo, duas equipas entre as três primeiras, deixando particularmente alegre o presidente do clube, António Rebelo: «Que grande notícia! Congratulamo-nos todos com a vitória da nossa equipa da Delegação Norte. É um resultado muito bom».

Foi em 2005, para comemorar a vinda da World Cup/Taça do Mundo de profissionais a Portugal, que se realizou a primeira edição do Troféu Ibérico, vencendo o Alto Golf. Em 2013 o Troféu Ibérico foi completamente dominado pelo Clube de Golfe de Viseu, que revalidou o título em 2014. A ANSG-Delegação Norte é o novo detentor da Taça André Jordan.

 António Rebelo compreende a valia do evento: «Apoiamos a iniciativa do Club de Golf Ibérico como pode ver-se pela aposta de levarmos quatro equipas aos Açores. É uma competição bem organizada que está a ter cada vez mais sucesso».

 A mesma noção tem a diretora da Azores Golf Islands e do Batalha Golf Course, Pilar de Melo Antunes, que tem vivido a competição desde a primeira hora: «Foram dois dias de sol que vieram de encomenda. O ambiente de competição foi ótimo, tivemos o dobro dos jogadores do ano passado e todos estavam radiantes, mesmo tendo competido em stroke play, que é mais difícil».

 A aposta das entidades públicas e privadas nesta competição dupla (Troféu Açores by SATA e Troféu Ibérico de Clubes) tem vindo a ser devidamente compensada, na opinião de Pilar de Melo Antunes: «É uma prova interessantíssima, sobretudo a nível promocional, sem ter custos elevados, dadas fases qualificativas serem torneios das ordens de mérito dos clubes ou dos campos, proporcionando um bom retorno ao longo do ano. A Final é uma festa».

 Um aspeto que não passou despercebido à diretora da Azores Golf Islands foi «a presença, pela primeira vez, de um clube espanhol (Norba Golf, de Cáceres)».

 José Manuel Villanueva Ollero, o assessor comercial do Norba Club de Golf, em Cáceres não tem dúvidas de que é uma parceria para se manter: «Já falei com os jogadores que foram aos Açores jogar a Final e foi uma experiência muito gratificante. Já no passado tínhamos participado em provas do Circuito Ibérico e tínhamos ficado encantados. É claro que para o ano o Norba Club de Golf está de novo interessado em participar nesta iniciativa. Como eu costumo dizer, é também uma questão de irmanar-nos, entre campos e entre países. O desporto serve também para isso porque as pessoas adoram desporto».

 José Manuel Villanueva Ollero explicou ainda que o Troféu Açores acabou por ser bastante divulgado ao longo do ano e anão apenas numa semana: «Este ano o que fizemos foi consagrar um campeão de scrach do clube. Portanto, optámos por não ter apenas um torneio qualificativo para a Final dos Açores. Foi um campeonato e o prémio foi o patrocínio do passe para a Final nos Açores. Esse campeonato consistiu em várias provas em diversos clubes, com uma acumulação de pontos. Há, portanto, uma continuidade. Fizemos em campos em Portugal e campos em Espanha e é verdade que tivemos muita participação e posso até dizer que tivemos mais jogadores portugueses a competir nas provas em Espanha do que espanhóis nos torneios em Portugal. Nas etapas que fizemos em Espanha, os espanhóis ficaram encantados».

 Para 2016, a organização já está a pensar em continuar a internacionalização do evento, alargando-o a mercados importantíssimos para a Região Autónoma, designadamente na América do Norte, onde há vastas comunidades portuguesas oriundas dos Açores.

 «Já estamos a trabalhar para no próximo ano termos clubes do Canadá e dos Estados Unidos. E se digo estamos é porque há uma sintonia com o promotor Stream Plan. Este ano tivemos uma novidade, do José Carmona Santos ter assumido a passagem do testemunho na organização do evento. Tem sido um prazer trabalhar com ele e só posso dizer que não desapontou – saiu ao pai», frisou Pilar de Melo Antunes, numa simpática referência ao fundador do torneio, António Carmona Santos, que se mantém como consultor.

 O novo promotor saiu de São Miguel com a noção do dever cumprido. «Com a Final, a 2ª edição do Troféu Açores by SATA cumpre uma boa parte dos objetivos a que se propõe: Consolidar o número de provas em Portugal e Espanha, comunicar mais com os clubes e sócios participantes, lançar as bases de um troféu internacional, comunicar os Açores enquanto destino de eleição e divulgar os destinos servidos pela SATA. 

 «Fomos a 22 provas preliminares promovendo o troféu e os produtos regionais, onde tivemos cerca de 1400 participantes. Na Final estiveram jogadores de 95% dos clubes participantes. A evolução do Troféu foi um sucesso e contamos ter uma edição 2016 mais internacional, mais participada e mais disputada. Gostava, por fim, de felicitar a ATA e a SATA pelo apoio e entusiasmo que veem demonstrando pelo evento, felicitando os vencedores individual e de Clubes com a atribuição da Taça André Jordan».

 A Stream Plan e o Governo Regional dos Açores estão em perfeita sintonia na necessidade de promover a Região Autónoma como um destino turístico de golfe, nacional e internacionalmente, como se depreende da apreciação global de Vítor Fraga, o secretário Regional de Turismo e Transportes: «É sempre, com renovada satisfação, que olhamos para a realização, na Região, de eventos como este que, associados à nossa identidade ambiental, acrescentam valor ao destino Açores, pela oportunidade que nos dão para divulgarmos internacionalmente o Arquipélago e promovermos aquilo que de melhor temos para oferecer. Desta forma, torna-se possível conquistar maior notoriedade que, por sua vez, permite potenciar a captação de fluxos turísticos. Por isso, o Governo dos Açores tem estado e continuará a estar disponível para apoiar os seus promotores, e neste caso específico, o Clube de Golfe Ibérico e a Stream Plan, a quem gostaria de agradecer o trabalho desenvolvido ao longo destes anos, em prol do golfe açoriano e o seu empenho em levar mais longe o nome dos Açores».

 O evento tem o alto patrocínio da Associação de Turismo dos Açores (ATA) e da SATA. O promotor é a Stream Plan, empresa que encerra nos seus quadros e em parcerias diretas uma vasta equipa com grande experiencia na organização de eventos desportivos (Volta a Portugal em Bicicleta, Volvo Ocean Race, Rali Dakar, Campeonatos do Mundo de Vela, Troféu de Portugal TP52, Lisbon Grand Prix Offshore, WCT Figueira Pro, etc.).

 Em golfe, alguns dos seus elementos foram responsáveis ou colaboraram, para além das edições do Açores Ladies Open, na realização de mais de 30 eventos de golfe do European Tour, incluindo o Open de Portugal, Estoril Open de golfe, Madeira Islands Open e Brasil Open, e ainda inúmeros eventos do European Challenge Tour, Ladies European Tour e European Seniors Tour.

 A organização do evento está ainda a cabo da Azores Golf Islands / Ilhas de Valor. O 2º Troféu Açores by SATA 2015 contou ainda com os apoios da Vinhos de Portugal, Panazorica, Fonte Viva e do Vip Executive Azores Hotel.”   

 

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 OS VENCEDORES

 CLASSIFICAÇÃO FINAL INDIVIDUAL

 CLASSIFICAÇÃO FINAL EQUIPAS

Contactos: Hugo Ribeiro (96 142 46 60/ presspgaportugal@sapo.pt)

Gabinete de imprensa da Stream Plan

01 Outubro 2015_11º Comunicado de Imprensa

Contagem decrescente para o 2º Troféu Açores e 4ºTroféu Ibérico de Clubes by Sata


Entre os próximos dias 8 e 11 de Outubro, a ilha de S. Miguel irá receber os mais de 45 jogadores que se classificaram ao longo do ano para o Troféu Açores.

Numa iniciativa conjunta com a Azores Golf Islans, o Clube de Golf Ibérico e a Stream Plan organizam este evento que decorre ao longo do ano e que termina numa prova múltipla que tem lugar no Batalha Golf Course. 

Em jogo estão o Troféu Açores, prova individual disputada entre os vencedores das classificativas disputadas ao longo do ano e o 4º Troféu Ibérico de clubes jogado a pares em representação do respectivo clube. 

Cada um dos clubes convidados escolhe uma prova do seu calendário anual e o vencedor fica automaticamente apurado para jogar o Troféu Açores. Este jogador, ou a comissão técnica de cada clube, seleccionam um par para que ambos possam representar o seu respectivo clube no Troféu Ibérico de Clubes. Este torneio que já vai na sua 4ª edição é jogado em simultâneo com o Troféu Açores.   

Os atuais finalistas foram apurados pelos seguintes clubes: Golf Aldeia dos Capuchos, Club Millennium BCP, ANSG nas delegações do Norte Centro e Sul, ANSG Senhoras, C.G. Miramar, C.G. dos Jornalistas, A.G. Campo Real, C. G. Médico, Oporto Golf Club, Belas Club de Campo, Clube de Golf Ibérico, Lisbon Sports Club, C.G. Economistas, Verde Golf Country Club, Club da Ilha Terceira, C.G. Viseu.

Mais recente foi a classificação dos representantes do Clube de Golfe do Montado e dos espanhóis de Norba Golf Club em Cáceres.

Estão agendadas para o dia 3 de Outubro as provas classificativas do C.G. de Ponte de Lima e do C.G. Quinta das Lágrimas. 

Em todas estas provas a Stream Plan e o C.G. Ibérico estiveram presentes para entregar o troféu ao vencedor, promovendo também alguns dos mais deliciosos produtos dos Açores. 

Para quem pretenda desfrutar de uma viagem de golfe aos Açores, decorrerá em paralelo com os dois troféus principais a Taça Vinhos de Portugal, prova aberta a qualquer jogador.

Para isso mesmo, a Stream Plan criou um conjunto de pacotes que permitem de uma forma cómoda e pouco onerosa de participar nesta golf trip à ilha de S. Miguel.

Todos os pacotes incluem a passagem aérea a partir de Lisboa, transferes, hotel e pequeno almoço, 2\3 green fees, trolley, bares de campo e almoços.

27 Julho 2015_10º Comunicado de Imprensa

BELAS APURA-SE NO 2º TROFÉU AÇORES BY SATA PARA REVALIDAR O TÍTULO

O Belas Clube de Campo, no dia 25 de Julho, no 6º Torneio da Ordem de Mérito, realizou a sua prova classificativa para o 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes. O Troféu Açores by SATA é uma prova organizada pelo Clube de Golf Ibérico com a colaboração da “Stream Plan”. Trata-se de um torneio individual (net) disputado pelos participantes apurados nas provas classificativas de cada um dos Clubes Portugueses e Espanhóis convidados.

A 11ª prova classificativa teve início às 8h00 e participaram 60 golfistas dedicados em garantir um lugar na final do 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes. O Belas Clube de Campo é o actual campeão do Troféu Açores pois o seu representante David Coelho foi o justo campeão da 1ª edição deste troféu, em 2014. Este ano, o jogador também participou na prova classificativa com o objectivo de se qualificar novamente, mas foi José Leandro que se consagrou como o oficial representante do Belas Clube de Campo. José Leandro liderou a classificação com 40 pontos, seguindo-se Adelaide Bitti e Filipa Andrade com 39 pontos, mostrando que foi uma competição renhida. 

 

José Leandro junta-se aos finalistas entusiasmados com a final que será disputada, nos dias 10 e 11 de Outubro, no campo de Golf da Batalha, nos Açores.

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

24 Julho 2015_9º Comunicado de Imprensa

TOP 10 DO 2º TROFÉU AÇORES BY SATA ESTÁ APURADO


Nos dias 22 e 23 de Julho, o 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes apurou o décimo finalista desta competição. A 10ª prova classificativa, o 4º Torneio Circuito do Centro, pertence à Associação Nacional de Seniores de Golfe – Delegação do Centro e disputou-se no magnífico campo do Lisbon Sports Club. 

O torneio de dois dias, onde o bom tempo reinou, jogado na modalidade stableford, em shotgun, teve início às 8h30 e contou com 110 jogadores motivados em conquistar um lugar na final do 2º Troféu Açores by SATA. O conquistador, Aníbal Graça, com 39 pontos, consagrando-se vencedor com distância de, apenas, 1 ponto em relação ao segundo, José Eusébio, e terceiro classificado, Rui Vassalo.

 Ainda faltam apurar 15 finalistas e a expectativa aumenta de prova em prova para se conhecer o grande vencedor do 2º Troféu Açores by SATA & Troféu Ibérico de Clubes, na final, que se irá disputar nos dias 10 e 11 de Outubro, no campo de Golf da Batalha. 

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

22 Julho 2015_8º Comunicado de Imprensa

CLUBE DE GOLF MÉDICO COMEMORA ANIVERSÁRIO NA 9ª ETAPA DO TROFÉU AÇORES by SATA


Realizou-se no sábado, dia 18 de Julho, a XIII edição da Taça Dr. Marcos Barroco que comemorou também mais um aniversário do Clube de  Golf Médico.

Esta Taça, jogada no magnífico campo da Praia D`El Rey, começou com alguma chuva mas rapidamente o tempo melhorou e o sol permaneceu radioso até ser apurado o representante do Clube Golf Médico na final do 2º Troféu Açores by SATA 2015. 

O torneio jogado na modalidade de Stableford, teve início às 8h40, com saídas dos tees 1 e 10 contou com a participação de 40 golfistas, dispostos a dar tudo por uma deslocação aos Açores.

No final foi o jovem Francisco Martins da Silva que ergueu os diversos troféus em disputa com 45 pontos net. Em 2º ficou Flávio Silva a 4 pontos do líder com 41 pontos ficando à frente de José Rodrigues Lourenço que contabilizou 38 pontos net. 

O Jovem Francisco Martins da Silva que jogou na mesma formação que o seu pai Carlos Martins Silva - o mais que provável acompanhante para nos Açores, vão tentar conquistar o 4º Troféu Ibérico de Clubes que se joga a pares em paralelo à final do 2º Troféu Açores by SATA. 

 As próximas classificativas irão continuar até Setembro e o grupo de finalistas, heterogéneo e competitivo, continua a aumentar. A final, que se realiza no campo de golf da Batalha, nos dias 10 e 11 de Outubro, irá receber todos os finalistas deste troféu que começa a destacar-se no calendário nacional de golf amador.  

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

07 Julho 2015_7º Comunicado de Imprensa

TAÇA DO CLUBE DE GOLFE DO CAMPO REAL APURA MAIS DOIS FINALISTAS PARA OS AÇORES


Integrada no calendário anual do Clube de Golfe do Campo Real, jogou-se no passado fim de semana a “Taça do Clube 2015”.

Este torneio, que define o campeão do clube, foi jogado em dois dias, 4 e 5 de Julho e contou com a inscrição de cerca de 40 jogadores. A prova foi jogada em medal net e no final do segundo dia encontravam-se empatados os dois primeiros classificados ambos com um total de 145 pancadas agregado.

Dita o regulamento desta prova que em caso de empate o vencedor deve ser encontrado através de play off em morte súbita, o que criou grande expetativa no final da prova.

Bastou um buraco para que Nuno Manuel Bernardes Luis levasse a melhor sobre Mauricio Farinha e assim sagrar-se campeão do Clube de Golfe do Campo Real 2015. 

Ambos os jogadores representarão este clube no 4º Troféu Ibérico de Clubes e o vencedor disputará também o 2º Troféu Açores no próximo mês de Outubro no Batalha Golf Course em S. Miguel.

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

07 Julho 2015_6º Comunicado de Imprensa

PROVA COM 101 ANOS CLASSIFICA PARA OS AÇORES


A Taça Dockery é a segunda mais antiga prova de Golf que se realiza em Portugal. No Domingo, dia 5 de Julho, realizou-se mais uma edição no Oporto Golf Club que tem também no seu palmarés a Taça mais antiga do Mundo jogada interruptamente – a Taça Skeffington -  e é ainda, com os seus 125 anos, o 2º mais antigo Clube de Golf da Europa Continental. 

A Taça Dockery foi desta feita a escolhida como classificativa para apurar o representante do Oporto Golf Club no Troféu Açores by SATA 2015. 

O torneio foi jogado na modalidade de Bogey e Par e teve início às 8h20. Contou com 62 golfistas, na sua esmagadora maioria sócios do Oporto, que disputaram mais esta edição com afinco. Apesar do empate a 2 pontos entre Henrique Barros e Carlos Agrellos, foi o primeiro que levou a melhor já que joga com um handicap mais baixo. Em 3º ficou João Manganiho com 1 ponto, batendo pelo mesmo método de desempate António Maria Cunha (4º). De salientar ainda que a diferença entre 1º e 22º foi apenas de 4 pontos. O Jovem Henrique Barros manifestou a sua grande satisfação em ter ganho tão prestigiado evento antevendo também os dias que passará nos Açores a jogar o seu desporto de eleição. 

 

As provas classificativas do 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes irão continuar até Setembro e o grupo de finalistas, heterogéneo e competitivo, continua a aumentar. Na final, no campo de golfe da Batalha, nos dias 10 e 11 de Outubro, irá receber todos os finalistas para finalizar mais uma edição deste troféu que começa a destacar-se no calendário nacional de golfe amador.  

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

29 Junho 2015_5º Comunicado de Imprensa

CLUBE DE GOLFE DOS JORNALISTAS MARCA PRESENÇA NOS AÇORES

 

No Domingo, dia 28 de Junho, o Clube de Golfe dos Jornalistas realizou a sua prova classificativa para apurar o seu representante no 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes. O campo de golfe escolhido foi o Belas Clube de Campo que, segundo os jogadores, encontra-se em excelentes condições promovendo, assim, uma manhã competitiva de golfe. 

O torneio teve início às 9h00, em shotgun e contou com 25 golfistas, jornalistas e convidados, animados e concentrados na vitória final. Mesmo com o esforço de todos foi Vítor Caldas, com 37 pontos, que se consagrou campeão net do clube e assumiu o seu lugar na final do 2º Troféu Açores by SATA. Para disputar o 4º Troféu Ibérico de Clubes, Vítor Caldas fará equipa com Manuel Gomes, vencedor do clube na classificação gross. 

 As provas classificativas do 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes irão continuar até Setembro e o grupo de finalistas, heterogéneo e competitivo, continua a aumentar. Na final, o campo de golfe da Batalha, nos dias 10 e 11 de Outubro, irá receber todos os finalistas para finalizar mais uma edição deste troféu que começa a destacar-se no calendário nacional de golfe amador.  

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA


15 Junho 2015_4º Comunicado de Imprensa

CLUB DE GOLF DE MIRAMAR ACOLHE 2º TROFÉU AÇORES BY SATA 

 

O 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes realizou a sua 5ª prova classificativa, no passado Sábado, dia 13 de Junho. O Norte do país foi o local escolhido, onde São Pedro se mostrou inconstante mas não demoveu os jogadores do Club de Golf de Miramar.

 O Club de Golf de Miramar, onde impera a cultura golfista e reina a simpatia dos sócios, apurou o seu representante no I Torneio “ Escola de Golfe”, na modalidade stableford, em dois shot-guns, um às 8h30 e outro às 13h30 e contou com 76 jogadores.

Terminada a competição seguiu-se, no Clubhouse, a merecida entrega de prémios. O jovem jogador Pedro Lencart Silva, com 38 pontos, foi o melhor jogador Net da competição, consagrando-se como o representante do Club de Golf de Miramar para o 2º Troféu Açores by SATA. 

 Pedro Lencart Silva junta-se a quatro finalistas já apurados para disputar a final deste troféu, nos dias 10 e 11 de Outubro, no Campo de Golf da Batalha, em São Miguel – Açores. 

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

1 Junho 2015_3º Comunicado de Imprensa

2º TROFÉU AÇORES BY SATA NO ALGARVE


O 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes rumou ao sul na passada Quinta-Feira, dia 28 de Maio, com a Associação Nacional de Seniores de Golfe – Delegação Sul. A quarta prova classificativa do 2º Troféu Açores by SATA & 4º Troféu Ibérico de Clubes decorreu no campo de golfe dos Pinheiros Altos numa manhã quente e luzidia. 

O torneio, para apurar o representante da Associação Nacional de Seniores de Golfe – Delegação Sul, teve início às 9h00, em shout-gun, onde o entusiasmo dos 70 jogadores imperou. 

Terminada a competição seguiu-se o almoço no agradável Clubhouse com a merecida entrega de prémios. 

 O jogador Vítor Madureira prometeu e cumpriu e, com 42 pontos, foi o melhor jogador Net da competição, consagrando-se, assim, como o representante da Associação Nacional de Seniores de Golfe – Delegação Sul.


 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA

12 Maio 2015_2º Comunicado de Imprensa

AÇORES NA MIRA DOS GOLFISTAS DO CONTINENTE


No passado fim-de-semana, com cerca de 100 jogadores, arrancaram as provas classificativas do 2º Troféu Açores & 4º Troféu Ibérico de Clubes. Nos dias 9 e 10 de Maio o Golf Aldeia dos Capuchos e o Clube Millennium BCP apuraram os seus representantes para jogar a final nos Açores, em Outubro. 

No Sábado, no Golf Aldeia dos Capuchos, disputou-se a primeira prova classificativa com o X Torneio da Ordem de Mérito de 2015. O shot-gun teve início às 9h00 e durante a manhã solarenga, a boa disposição e o espírito competitivo reinaram. No final, o jogador Mauro Figueira foi o melhor jogador Net em campo e com 43 pontos arrecadou o prémio tornando-se o primeiro apurado para representar o seu clube nos Açores nos dias 10 e 11 de Outubro.

O Guardian Bom Sucesso Golf foi o palco da prova classificativa do Clube de Golf Millennium BCP para apurar o seu representante para o 2º Trofeu Açores & 4º Troféu Ibérico de Clubes. A manhã de Domingo começou cinzenta, mas a meio da manhã o sol apareceu e proporcionou aos 80 golfistas um fantástico dia de golfe. 

No desafiante percurso da região do Oeste, o shotgun começou às 9h00 e os jogadores empenhados em conquistar o acesso à final deste Troféu lutaram pelo primeiro lugar Net da classificação. O conquistador foi Manuel Brigas que com 42 pontos consagrou-se como representante do Clube de Golf Millennium BCP. 

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA 1A PROVA CLASSIFICATIVA

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA 2A PROVA CLASSIFICATIVA

 26 Fevereiro 2015_1º Comunicado de Imprensa

2º TROFÉU AÇORES / 4º TROFÉU IBÉRICO DE CLUBES

 

CONVIDADOS

25 CLUBES DE PORTUGAL E ESPANHA

CLUBES E JOGADORES INDIVIDUAIS PORTUGUESES E ESPANHOIS DISPUTAM FINAL NA ILHA DE SÃO MIGUEL 


Hoje, no Pavilhão Açores na Bolsa de Turismo de Lisboa, foi apresentada aos clubes, imprensa e demais entidades envolvidas, a edição 2015 dos Troféu Açores/Troféu Ibérico de Clubes.

Na sua segunda e quarta edição, respetivamente, estes troféus voltam a explorar o conceito de Liga de Clubes de Golf disputada entre clubes da Península Ibérica. 

No entanto, com o claim – “O Troféu Internacional de Clubes”-, a Organização, a cargo do Club de Golf Ibérico (CGI) e da Stream Plan, projeta desde já para futuras edições o desenvolvimento dos troféus para outros países, potenciando o seu trabalho na promoção dos Açores como destino turístico de golf de eleição.

A Stream Plan Lda., é aliás, entre outras atividades ligadas ao golf, a responsável pela organização do Açores Ladies Open, o mais importante torneio feminino português, integrado no Ladies European Tour Access Series.

Neste encontro o CGI reuniu alguns dos clubes que têm participado nos Troféus, convidando-os para de novo nomearem uma das suas principais provas como classificativa dos Troféus em disputa (Troféu Açores e Taça André Jordan).

A iniciativa possibilitou uma maior aproximação dos vários agentes envolvidos, posição estratégica da Associação de Turismo dos Açores (ATA), que reforça assim a sua aposta no Golf e na relação primordial com os Clubes Nacionais para a promoção do destino no continente.

Em 2014, figuram entre estas classificativas provas de alguns dos mais prestigiados e históricos clubes de Portugal, como o Oporto Golf Club, Club de Golf de Miramar, Lisbon Sports Club; Estela Golf Club; Clube de Golfe de Viseu, Quinta do Peru Golf & Country Club, Axis Golfe de Ponte de Lima, Palmares Golf, Campo Real Clube de Golfe, Clube de Golfe Médico e o Belas Clube de Campo. Em Espanha, destacaram-se o Palomarejos Golf de Talavera de la Reina, Toledo, o Norba Clube de Golf e o Valmuza Clube de Golf, de Salamanca.  

Dirigiu-se à plateia Diana Valadão, representando Azores Golf Islands | Ilhas de Valor, representando o anfitrião da finalíssima, o magnífico Campo de Golfe da Batalha.

“O Troféu Açores tem uma singularidade que nos agrada de sobremaneira e que se prende com o facto de neste circuito não sermos apenas mais uma marca associada a um evento. Este foi um circuito fundado, criado e concebido para a nossa Região Autónoma. (…) É um projeto que vai apenas para a sua segunda edição, mas tem um enorme potencial na medida em que a adesão dos clubes não implica qualquer custo adicional para os mesmos e permite a promoção direta junto dos seus associados, tanto de Portugal como de Espanha.”


 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (PT)

 DOWNLOAD COMUNICADO COMPLETO PDF (ES)

 FILME DE APRESENTAÇÃO DO TORNEIO

 REPORTAGEM FOTOGRÁFICA DO EVENTO